terça-feira, 28 de maio de 2013

Crochê e Tricô na Decoração

Muito charme, requinte e bom gosto na decoração...


Duas técnicas muito antigas, inicialmente usadas para a confecção de roupas, permitem uma inigualável liberdade criativa, produzindo infinitas formas, com cores variadas e muito potencial para ser explorado.

O crochê e o tricô há muito tempo e aos pouquinhos vêm entrando na decoração, mas nunca saem de moda.  Atualmente estão com tudo, podemos dizer que trata-se de uma forte tendência no mercado, que vem crescendo a cada dia e veio para ficar.

Eles enriquecem o visual dos ambientes com sua beleza artesanal, proporcionando um estilo aconchegante e acolhedor. Não existe mais aquela história de que são usados somente no inverno, com o avanço da tecnologia temos fios, lãs e barbantes de todos os tipos e gostos, para serem usados em qualquer estação do ano. 

Além disso, podem ser usados em qualquer ambiente, são acessíveis a qualquer classe social e, é possível ter peças"made myself",  personalizadas feitas por suas próprias mãos.

Que tal conferir umas ideias super inspiradoras, idealizadas e concretizadas por pessoas prendadas e criativas?! 
Brilhando em coleções de outono e inverno...


Revestindo cúpulas, criando mantas...

Almofadas e colchas...


Revestindo cadeiras...


... Acessórios...

 

... vasos ...

 

...conferindo muito estilo às luminárias e outros...


Num estilo refrescante de praia, no verão...


Alegria, vida e muita cor, na primavera e verão...

Almofadas...


Detalhes como flores...

Rolinhos...

Revestindo cúpulas e outros acessórios... 


Lindas e delicadas luminárias...

Colchas para camas...


 

 Banheiros...

Revestindo e criando assentos...






 Pufes... 


 Cortinas...


Móbiles... 

 Mantas... 




Tapetes... 

Diversos...



Reflexão:

‎"A única coisa boa que a velhice nos dá é a sabedoria. Por isso quem ouve o conselho dos pais se dá bem na vida.”

(Chico Anísio)

Tatiana Pereira Américo

Créditos das Imagens: Via Pinterest, 79 ideas,Yaseminin Örgüleri:::, Google Images.

Nenhum comentário:

Postar um comentário